« Home | Em revista » | Indispensável » | O cartão de visitas » | Alguém viu? » | Platão explica » | Vítima da elite » | Seria trágico, se não fosse hilário » | Teoria interessantíssima e vivas ao Casseta e Plan... » | Silencio, no hay banda. » | A ditadura escancarada »

Notas

DE CHORAR: Acabo de receber uma mensagem de um "amigo" divulgando o lançamento do cd de sua banda. No e-mail, ele começava a defesa de seu projeto cultural – não há um pingo de ironia minha nessa definição, pois tudo o que é produzido pelo homem (lamento, politicamente corretos, pela proposital omissão do gênero feminino) é cultura, inclusive... bom, sem maiores detalhes - com um pouco de seu pensamento: “só haverá igualdade social no dia em que todos tiverem o mesmo nível de conhecimento. O mundo só será melhor através da verdadeira educação.” O que o avanço nas idéias não fazem pela humanidade... Até relacionar verdadeira educação (como seria a falsa?) com todos terem o mesmo conhecimento, o tempo conseguiu. Como me disse há pouco meu amigo sem aspas Eduardo Levy, para todos termos o mesmo nível, é bem simples: basta exterminar as poucas inteligências existentes.

Foram usadas, ainda, as singelas palavras igualdade e social, que, unidas, adquirem um poder transcendental. Igualdade social: todos a querem, poucos a têm, não? Só que igualdade em quê? Na fila do açougue, na parada de ônibus, na entrevista de emprego, no vestibular, nos relacionamentos pessoais? Chega, são especulações demais para a minha notória falta de criatividade.

A MENTIRA REPETIDA MIL E UMA VEZES: Manhattan Connection de ontem. Lucas Mendes pergunta a Diogo Mainardi se ele concorda sobre a falência das ideologias de esquerda e o aparente fortalecimento das de direita, tendo como modelo os EUA, devido às respostas do juiz John Roberts Jr, recém nomeado por Bush para ocupar a presidência da Suprema Corte, durante a sabatina realizada pelo Senado. Segundo Lucas, as respostas de Roberts demonstram plenamente sua sólida ideologia, a de direita. Caio Blinder, após a resposta de Mainardi, que considera a maneira de pensar do juiz simplesmente condizente com a de um jurista de verdade, diferente da de um Nelson Jobim politiqueiro, complementa que nem todas as ideologias de esquerda foram condenáveis e nem todas as de direita, benéficas, exemplificando com o “bigode da Alemanha”, cá para nós, o exemplo bem acabado de direitista: estatizante na economia e na educação, paternalista, centralizador e propagador do interesse comum em detrimento do individual. Ora, que direitista mais esquerdista é esse? Então, Lucas Mendes lembra a Caio sobre um outro bigodudo, sendo rapidamente retrucado por este, sob os dizeres que “o primeiro (citado) foi pior”.

Desliguei a tv e fui comer pizza.

TEMPOS (CADA VEZ MAIS) MODERNOS: No fim dos anos 80, Martin Scorsese fez Jesus Cristo abrir mão de sua Divindade para casar e ter filhos em A última tentação de Cristo. Em 2005, um filme propõe-se a retratar Jesus e seus discípulos como homossexuais, um tal de Corpus Christi, adaptação de uma peça teatral de 1999. Sinal dos tempos.

noite_interminavel
Nós nos transformamos naquilo que praticamos com freqüência. A perfeição, portanto, não é um ato isolado, é um hábito. (Aristóteles)


Na medida em que você se desliga do espírito daquela era, está ligado ao espírito de todas as eras. Isto quer dizer que, de fato, na constituição do próprio indivíduo, já está dada toda a dialética entre o mundo do sensível ou da temporalidade e o mundo da eternidade. (Olavo de Carvalho)


Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo. (Hermann Hesse)


Quanto menos um sujeito entende a religião, mais se prontifica a modificá-la, isto é, a reduzi-la às dimensões da sua própria falta de consciência. Uma concepção evolutiva da religião mostra apenas incapacidade de conceber alguma coisa acima da esfera temporal. O "senso da eternidade" é apenas o primeiro grau da consciência religiosa. (Olavo de Carvalho)


Quando os homens já não acreditam em Deus, não é que não acreditem em mais nada: acreditam em tudo. (G. K. Chesterton)


Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada. (Edmund Burke)


Experiência não é o que acontece com o homem; é o que o homem faz com o que lhe acontece. (Aldous Huxley)


Pode-se enganar todo mundo durante algum tempo, e certas pessoas durante todo o tempo, mas não se pode enganar todo o mundo todo o tempo. (Abraham Lincoln)


Faça aparecer o que sem você não seria talvez jamais visto. (Robert Bresson)


Educação é o que resta depois de ter esquecido tudo que se aprendeu na escola. (Albert Einstein)


Todos estamos na sarjeta, mas alguns de nós estão olhando as estrelas. (Oscar Wilde)


Qualquer pessoa que não seja inteiramente imbecil ou imbecilizada pelo jogo literário de entes de razão sabe que existe, no mundo inteiro, uma guerra revolucionária com o objetivo de massificar o homem e de apagar nas almas os últimos lampejos das saudades de Deus. Os marxistas desempenham papel de desta­que, e os judeus marxistas ou filocomunistas trazem para esta causa todo o furor que lhes vem da antiga grandeza. (Gustavo Corção)